Fibrose pós-operatório

pos operatorio

Fibrose pós-operatório

A fibrose pós-operatório constituem um processo normal, porém muito perigoso para o bom resultado da cirurgia, especialmente quando falamos em cirurgias estéticas. Resultante do processo de cicatrização do tecido lesado, a fibrose ocorre devido ao acúmulo crónico de proteínas que interferem com o bom funcionamento dos fibroblastos – responsáveis pela cicatrização – resultando no excesso e retenção de colagénio, dando assim origem aos acúmulos, durões, ondulações, dor, aderências e aparência inestética da pele nova em formação. A fibrose pode aparecer entre uma a três semanas pós-cirúrgico, ou seja, a medida que o edema diminui, tornam-se mais nítidas as fibroses e que resulta numa aparência pouca estética da zona tratada, sendo por isso uma palavra muito temida pelos cirurgiões plásticos e para os pacientes que se submetem as intervenções cirúrgicas.

É fundamental apostar em bons procedimentos pré e pós-operatórios de forma a evitar o “insucesso” das cirurgias estéticas. O tratamento pós-cirúrgico é longo e deve ser iniciado o quanto antes. É de extrema importância seguir as recomendações feitas pelo médico cirurgião, para uma cirurgia e pós-operatório bem-sucedidos.

Formas de tratamento da Fibrose

Um grande erro que ocorre muitas vezes por parte dos pacientes que submeter-se-ão à uma cirurgia estética é a falta de planeamento, quer do período pré-cirúrgico como do pós-cirúrgico.

Deve informar-se com o seu cirurgião plástico ou com especialistas em pré e pós-cirúrgico sobre todos os cuidados que deve ter, inclusive a dietética mais adequada para garantir a melhor e mais breve recuperação após a cirurgia, pois uma alimentação específica favorece o restabelecimento do organismo de forma a contribuir favorável e brevemente para a diminuição dos edemas, das equimoses (manchas roxas) e melhora da cicatrização.

Na SP Clinic dispomos de tratamentos pré e pós-cirúrgicos especializado naturais e manuais, além dos produtos da marca GERnétic, a mais utilizada e recomendada pelos cirurgiões estéticos em Portugal devido a elevadíssima qualidade e tecnologia dos laboratórios GERnétic, o que garante o êxito total na recuperação, cicatrização e renovação da pele.

Algumas das modalidades terapêuticas executadas na firbose pós-operatório:

  • Drenagem linfática Manual;
  • Termoterapia;
  • Eletroterapia;
  • Vacuoterapia;
  • Cosmetologia especializada;
  • Dietética & Nutrição.

 

Drenagem Lifática Manual e/ou Terapia Vacuumlinfática Manual no Pré e Pós-Operatório

A Drenagem ca Manual (DLM) ou a Terapia Vacuumlinfática Manual (TVM), pode e deve ser aplicada tanto no pré-operatório para preparar o tecido e área a ser tratada como no pós-operatório no alívio do desconforto, equimoses, edemas (inchaço) e na remoção dos detritos celulares resultantes do trauma da cirurgia. A Drenagem Linfática Manual é imprescindível para o descongestionamento do sistema linfático e circulatório.

  • Porque fazer Drenagem Linfática Manual após a cirurgia estética?

Conforme já mencionamos, é natural que ocorram edemas (inchaço), equimoses (manchas roxas na pele) durões ou nódulos nas áreas submetidas ao ato cirúrgico, especialmente após a lipoaspiração e quando combinadas com outras técnicas e procedimentos estéticos. Não se preocupe, trata-se de uma reação normal e natural do seu corpo. Este Linfedema pós-cirúrgico é causado pela inflamação e trauma derivados dos instrumentos cirúrgicos abaixo da pele, originando acúmulo de fluídos e o respetivo inchaço dos tecidos. A Drenagem Linfática Manual favorece a drenagem dos fluídos, fazendo-os retornar aos vasos linfáticos, reduzindo o edema, inchaço e o desconforto. Sem a ajuda da Drenagem Linfática Manual a inflamação pode desenvolver para fibrose ou seroma. Muitos cirurgiões prescrevem Drenagem Linfática Manual após a cirurgia plástica de forma a garantir o melhor resultado possível ao procedimento cirúrgico.

  • Drenagem Linfática Manual é uma massagem profunda?

A Drenagem Linfática Manual é suave, rítmica e com o objetivo de encaminhar a linfa dos tecidos para o sistema linfático e circulatório. Favorece o desaparecimento dos edemas e equimoses, fortalece o sistema imunológico na defesa do organismo, melhora a recuperação em casos pós-operatório e cicatrização.
Quando surgem fibrose e seroma, a técnica para os desfazer pode ser mais incisiva, mas somente poderá ser realizada quando já não houver riscos com a cicatrização, neste caso o profissional terá que avaliar qual o melhor momento para iniciar com as técnicas especificas.
Independentemente do tempo em que persiste, a fibrose tem tratamento. São utilizadas técnicas manuais específicas de reorganização do tecido cicatricial.

  • Quantos tratamentos são necessários?

São inúmeros os fatores que podem influenciar o processo de recuperação de um pós-operatório, sendo por isso bastante variável o número de sessões/tratamento em cada caso. O ideal é realizar pelo menos 5-10 sessões de Drenagem Linfática Manual tão logo o cirurgião a recomende. O número de sessões por semana também pode ser variável, em média são realizadas 2-3 sessões por semana até que se atinja o efeito desejado, reduzindo nessa altura a periodicidade dos tratamentos.
Importante salientar de que quanto antes atuar na recuperação, melhor será a resposta do organismo.
Entende-se por recuperação o período de cuidados especiais com a alimentação, repouso, higiene, cintas elásticas, drenagem linfática e utilização de produtos específicos e especializados para garantir a cicatrização corretamente.

  • Como é feita a Drenagem Linfática Manual pós cirurgia?

É uma técnica de drenagem linfática realizada através de movimentos específicos que atuam de maneira muito eficiente sobre o sistema linfático e circulatório. A correta estimulação dos principais centros de gânglios linfáticos ativa todo o sistema linfático, essa estimulação favorece o sistema imunológico e nervoso, produzindo um efeito terapêutico e relaxante. Talvez seja por isso que muitas pessoas adormeçam durante a sessão.
A Drenagem Linfática Manual pós-cirurgia tem diferentes fases de tratamento, numa primeira etapa poderemos atuar distalmente à zona que teve a intervenção cirúrgica, passando à intervenção local de acordo com a evolução do quadro clínico pós-cirúrgico.
Mais informações sobre Drenagem Linfática Manual e Terapia Vacuumlinfática Manual aqui

  • Quanto tempo após a cirurgia posso começar com a Drenagem Linfática Manual?

É possível iniciar o seu tratamento de Drenagem Linfática Manual 48 horas após a cirurgia. Deve, porém, ter especial atenção à orientação feita pelo seu cirurgião.

  • O que preciso levar para o tratamento?

Sempre que possível deverá trazer as recomendações do seu cirurgião quanto a técnica utilizada na cirurgia, bem como recomendações específicas.
Utilizar sempre roupas e calçados confortáveis, de fácil vestir e que não causem problemas à circulação.
Preferencialmente beber água natural e filtrada antes e após as sessões.

 

Produtos GERnétic

Regenerar & reduzir as cicatrizes
Higienizar, reduzir edemas e equimoses, favorecer a cicatrização.

 

dermasynchrocreme de massagemvasco arteralympho

 

 

 

 

 

 

 

Após um processo cirúrgico, laceração, lesão é ativado um sistema biológico de cura para reparar os danos ocorridos na camada de proteção da pele.

Neste processo a epiderme forma novas células da pele que irão substituir os tecidos afetados. Sendo a formação de novas células demasiada rápida, dá-se inicio à formação de cicatriz hipotrófica, sendo o desenvolvimento celular demasiado lento, dá-se inicio à formação de cicatriz cuneiforme. A formação da cicatriz pode ainda ser influenciada por outros fatores, como a gravidade da lesão, idade e etnicidade assim como a predisposição genética. Ambos os tipos de cicatrizes podem ser tratados, sendo, porém, um processo que requer algum tempo.

A GERnétic desenvolveu diversos produtos para auxiliar a pele no seu processo de cura encorajando e favorecendo a reestruturação das suas camadas, reparando a pele de dentro para fora acelerando toda a recuperação. As fórmulas da GERnétic mudam a arquitetura subjacente da pele encorajando o tecido a regenerar-se com ainda mais força, saúde e firmeza. O resultado é a redução da cicatriz e superfície suave e lisa.

 

Medicina Tradicional Chinesa

Após a operação cirúrgica estética, os tecidos ficam lesados, ocorre a inflamação local, retenção de fluídos, edema, hematoma, inchaço, a formação de aderências, dor, desconforto e/ou até mesmo limitação de movimentos. A Medicina Tradicional Chinesa favorece todo o processo de recuperação no pós-operatório de forma natural. Elimina a inflamação, favorece a circulação linfática, resolve os edemas e inchaços, diminui rapidamente o hematoma e a dor, acelerando o processo de regeneração dos tecidos.

A MTC possuí diversas formas de tratamento para favorecer a recuperação do organismo no pós-operatório, desde a acupuntura, moxabustão, fitoterapia e dietética. As terapêuticas utilizadas variam de caso para caso.

Segundo a ótica da Medicina Tradicional Chinesa, ocorre no pós-operatório a estagnação de Qi (energia), Xue (sangue) e acúmulo de Jin Ye (líquidos orgânicos), sendo estas as causas principais dos sintomas já referidos. De uma forma geral, o tratamento através da MTC visa reduzir o quadro álgico, os hematomas, o processo inflamatório, o edema. Evitando ainda complicação por infeção, além de favorecer o processo de regeneração dos tecidos, tornando a cicatriz mais fina e menos saliente.

A MTC pode diminuir as reações desagradáveis causadas por um procedimento cirúrgico. A aplicação da MTC no pré e pós-operatório das cirurgias estéticas tem-se mostrado um método extremamente eficaz, produzindo excelentes resultados, não somente na aceleração da recuperação da paciente, como também na prevenção e controle de complicações comuns deste tipo de procedimento.

Os tratamentos realizados em conjunto com a Medicina Tradicional Chinesa minimizam o desconforto da firbose pós-operatório tornando-o mais tolerável, rápido e com maior qualidade, além de diminuir os efeitos desagradáveis sem o uso de alopatia como analgésicos, anti-inflamatórios, antibióticos, entre outros. A MTC proporciona uma qualidade de cicatrização muito superior quando devidamente combinada com a Drenagem Linfática Manual (DLM) e/ou com a Terapia Vacuumlinfática Manual (TVM) e com os produtos e tratamentos by GERnétic.

Na SP Clinic poderá contar com profissionais especializados para garantir a sua recuperação.

 

Autores:

Douglas Pompermaier – Especialista em Medicina Tradicional Chinesa
Suselaine Pompermaier – Especialista em Pré e Pós-Operatório

 

SP Clinic corpo&mente – Clínica e Centro de tratamento da fibrose pós-operatório em Lisboa, no Largo do Rato e próximo das Amoreiras e Campo de Ourique. Tratamento para a fibrose pós-cirúrgica. No centro de Lisboa, perto de si.