Parar de fumar – Tratamento para o Tabagismo

Pare de fumar, acabe com a dependência e o vício do tabaco / cigarro

O ato de fumar, seja tabaco natural ou industrializado não faz bem a saúde. É sabido de toda a população os males derivados do simples gesto de levar um cigarro a boca, todos os dias circulam informações das doenças causadas pela dependência do tabaco/cigarro, o tabagismo.

Lembra-se do seu primeiro cigarro? Lembra-se do quão horrível era o sabor? Quão insuportável era o cheiro? Você já está de tal forma habituado que não sente nada, nem os cheiros das plantas, das ruas, da comida, até o sabor dos alimentos estão adulterados.

Pare de fumar e volte a ter os seus sentidos apurados!

São inúmeras as formas de tratamento para o tabagismo, parar de fumar. A verdade é que não existe nenhum tratamento milagroso que faça desaparecer com um estalar de dedos o desejo pelo cigarro/tabaco. Há quem recorra à acupuntura para parar de fumar, há quem recorra à hipnose para deixar de lado o vício, porém até mesmo essas poderosas ferramentas não serão eficazes caso o indivíduo não esteja totalmente disposto a parar de fumar. O mesmo se pode dizer dos diversos tipos de adesivos de nicotina, xaropes, terapias a base de descargas elétricas ou qualquer outra forma de tratamento. São conhecidos os inúmeros casos de pessoas que recorrem as mais diversas terapias e não conseguem vencer o vício.

O tabagismo é um vício

O organismo fica “viciado” pela nicotina e pela sensação de prazer e bem-estar provocada por ela, e como todo e qualquer vício é necessária uma desintoxicação. Para ultrapassar essa fase, os indivíduos dispostos a parar de fumar devem estar realmente com vontade de parar de fumar, caso contrário não há tratamento que resulte. Também pede-se alguma calma e paciência para que o hábito de fumar se esvaneça por completo.

O hábito de fumar após comer ou enquanto se bebe um café, nos momentos de pausa do trabalho ou em conjunto com bebidas alcoólicas, é talvez a parte mais difícil de ser superada – talvez até mais do que a necessidade de nicotina pelo organismo – por aqueles que decidem deixar de fumar.

Quanto tempo demora para a nicotina sair do organismo?

A nicotina leva em média entre 5 a 7 dias para ser libertada do organismo, isso quer dizer que após esse período o corpo deixará de pedir o cigarro/tabaco, não sendo mais uma necessidade do corpo, uma vez que a nicotina já foi eliminada.

Há quem refira que os primeiros dias são os mais difíceis, por outro lado há quem diga que o mais difícil surge passados 2 ou 3 meses. Isso depende e varia de pessoa para pessoa. Para alguns é a falta da nicotina enquanto para outros é o hábito que torna-se difícil de se ultrapassar.

O ser humano é um ser de hábitos, são inúmeras as ações que fazemos em nosso dia a dia por mera habituação. Acordar e beber um copo de água, beber leite de manhã ou antes de ir para cama, arranjar o cabelo ao cruzar com um espelho, cruzar as pernas, beber café nas pausas, comer sempre a mesma hora e por ai adiante. O ser humano é regido pelos hábitos e costumes diários, realizando muitos deles de forma automática e autónoma, originando a automatização do ser, onde atos e ações são efetuadas sem sequer pensarmos nelas. Isso leva-nos a outras tantas questões, mas sem dúvida nenhuma que fumar é um dos hábitos mais difíceis de ser superado.

Sendo uma questão de hábito, qualquer um pode parar de fumar sem ajuda terapêutica. Porém há quem realmente necessite de ajuda e do devido acompanhamento. Iremos aqui citar a Medicina Tradicional Chinesa que com a acupuntura, auriculoterapia, moxabustão, fitoterapia e dietética, torna-se numa vertente terapêutica bastante útil no tratamento da dependência química como é o tabagismo, como é comprovado pela Organização Mundial de Saúde que recomenda a Medicina Tradicional Chinesa para quem deseja parar de fumar. (veja aqui)Tabagismo pare de fumar sp.clinic.medicina.chinesa.lisboa.auriculoterapia.tratamento.orelha

Como funciona e o que faz a Medicina Tradicional Chinesa contra o tabagismo

A Medicina Tradicional Chinesa com toda a sua abrangência terapêutica ajuda no tratamento do tabagismo e dependência química de muitas maneiras:

  • Reduz o desejo de fumar;
  • Reduz o hábito de fumar;
  • Reduz o prazer de fumar;
  • Elimina a nicotina do organismo;
  • Reduz a ansiedade e a agitação;
  • Reduz o stress e o nervosismo;
  • Alivia todos os efeitos secundários da desintoxicação da nicotina.

Após um diagnóstico o terapeuta irá avaliar e escolher o tratamento mais adequado de acordo com as necessidades individuais de cada um. Poderá efetuar a acupuntura, auriculoterapia (inserção de semente ou agulhas na orelha), aconselhamento dietético ou qualquer outra das vertentes terapêuticas da Medicina Tradicional Chinesa. A periodicidade dos tratamentos varia de caso para caso.

A auriculoterapia – que é um tratamento para deixar de fumar através da orelha – tem-se mostrado bastante eficaz nessa situação. No pavilhão auricular encontramos zonas e pontos correspondentes a todo o corpo. Esses mesmos pontos ou zonas são estimulados com sementes, agulhas ou até mesmo choques elétricos. A estimulação destes pontos visa ativar uma ou mais funções específicas do organismo, eliminando e desintoxicando o corpo da nicotina, acalmando a mente, reduzindo a ansiedade e o desejo de fumar. Não se tratando de um tratamento milagroso, mas antes uma ajuda bastante viável e eficaz para quem realmente deseja parar de fumar.

Os efeitos secundários do parar de fumar

Frequentemente encontramos pessoas que dizem estar irritadas e nervosas, ou que estão com alguns quilinhos a mais e unhas a menos, simplesmente porque deixaram de fumar. Alguns ficam com tonturas, outros com azias e sensação de queimação no estômago, dor de cabeça e por ai adiante. Esses são alguns dos efeitos da desintoxicação da nicotina, onde alguns sofrem mais do que outros. Mas como diz a crença popular: “há males que vem por bem”.

Há quem pense em desistir ao saber das dificuldades que pode enfrentar, porém também nestas situações a Medicina Tradicional Chinesa torna-se uma excelente escolha, enquanto ajuda a pessoa a deixar de fumar, atua no organismo aliviando ou até mesmo evitando muitos dos seus efeitos secundários, tornando todo o processo de desintoxicação e desabituação muito mais suave.


11 dicas para parar de fumar

  1. Faça exercícios com regularidade. A atividade física ajuda a eliminar a nicotina do organismo de forma mais rápida. Com o exercício você irá sentir-se mais leve e bem-disposto, e certamente não irá pensar no tabaco;
  2. Beba bastante água. Ao ingerir 1,5 litros de água diariamente você estará a favorecer a limpeza de todo o seu organismo, além de estar a hidrata-lo após o tempo todo que esteve a seca-lo (o tabaco causa um efeito de secura interna);
  3. Aprecie os seus dentes. Ao parar de fumar eles começarão a ficar mais limpos e brancos. Agende uma consulta com o seu médico dentista e faça uma limpeza bocal. Agora basta manter a sua boca livre do fumo. O seu cônjuge certamente irá agradecer;
  4. Evite locais onde haja pessoas a fumar. Ao evitar ir a locais onde tinha por hábito fumar. Nos primeiros dias ou durante o primeiro mês é muito importante evitar o contato com o fumo ao máximo, de maneira a evitar que o desejo de fumar o domine. Mas não entre em pânico caso não o consiga, existem pessoas que até superam melhor o vício enfrentando-o e ganhando cada vez mais repugnância ao cheiro. Descubra o melhor para si;
  5. Tenha atenção as rotinas. As pausas no trabalho para o café, as saídas a noite com os amigos e outras tantas situações. Evite por algum tempo as rotinas que tinham por hábito o cigarro como acompanhante;
  6. Mantenha-se ocupado. Leia um livro, trabalhe um pouco mais, faça exercício, escreva num diário. Ao manter a cabeça ocupada estará ajudando a evitar o pensamento do tabaco;
  7. Não desista. Se tiver uma recaída volte a tentar. Assim já saberá o que enfrentar na próxima tentativa, e voltará a sentir a sensação de fumar pela primeira vez, nada agradável;
  8. Tenha autocontrolo e força quando a vontade de fumar bater a sua porta. Lave os dentes, beba água, coma um rebuçado (sem açucar) ou faça algo que o distraia. Faça o que fizer mas não fume. Resista;
  9. Alerte a sua família e amigos que esta a parar de fumar. Peça-lhes para não fumar quando estiver por perto, ou pelo menos não ao seu lado;
  10. Cuidado para não substituir o cigarro por outro vício. Muitas pessoas ao parar de fumar substituem o hábito de fumar pelo hábito dos rebuçados ou pastilhas, doces ou qualquer coisa que se leve a boca com o intuito de substituir o cigarro. Faça-o por algum tempo mas tenha muito cuidado para que a alternativa não se torne em um novo vício;
  11. Já não fuma há alguns dias? Já reparou no dinheiro que não gastou ao não fumar? Faça uma extravagância e gaste algum dinheiro que poupou até o momento indo a um bom restaurante, compre aquela roupa que sempre quis, vá ao cinema, faça uma viagem. Aprenda a aproveitar mais a vida sem fumar.

Mais informações sobre o PLANO ANTITABAGISMO aqui.

Procura um tratamento para parar de fumar em Lisboa?

Ligue para nossos números 210 993 179 ou 917 917 404 ou entre em contacto através do formulário abaixo:

SP Clinic Lisboa – Clínica de tratamento para parar de fumar em Lisboa, no Largo do Rato e próximo das Amoreiras e Campo de Ourique.