Moxabustão

Moxabustão

O calor que cura

A aplicação de calor como forma de tratamento, é também umas das mais antigas técnicas terapêuticas que existe. A principal definição para Moxabustão ou moxibustão (Jiu Fa), é a combustão de artemísia nos pontos de acupuntura ou em zonas específicas do corpo. A artemísia pertence à uma família bastante extensa, com cerca de 550 espécies de artemísias. As mais usualmente utilizadas na Moxabustão são: Artemísia vulgaris latiflora, A. montana, A. prínceps, A. argyii, A. verlotiorum, A. abrotanum, A. capillaris, A. indica e A. chinensis. A artemísia, planta que após ser devidamente tratada e processada é utilizada nos tratamentos sob diversas formas de apresentação, possuí sabor picante e amargo de natureza quente. Essas características conferem-lhe um grande poder tonificante e também dispersante, que irá variar consoante a técnica, ponto e quantidade escolhida para a sua aplicação. É também antipirética, antifúngica, antibacteriana, antiepilética, emenagoga e sedativa. Pode ser aplicada individualmente como tratamento ou em conjunto com a acupuntura (zhen jiu) ou outra forma de tratamento.

É talvez a terapia da Medicina Tradicional Chinesa com menor utilização. Muitos especialistas não a utilizam devido ao pouco conhecimento que adquiriram sobre o tema, bem como, pelo fumo que resulta da sua utilização, do tempo e atenção que requer durante o tratamento. É uma terapia trabalhosa que requer muita prática e dedicação por parte do especialista.

Existe um ditado chinês que faz referência a moxa e a sua utilização/importância na Medicina Tradicional Chinesa que diz o seguinte: "Se ao entrar em um consultório médico e não lhe cheirar a moxa, vire as costas e vá embora, pois o médico não deve ser bom". Encontramos, inclusivamente, uma cidade chamada Huanggang na China, que é famosa pela sua especialidade médica, sendo o berço cultural e tradicional dos “Quatro Tesouros” (cobra, tartaruga, bambu e moxa).

Moxabustão é descrita como sendo uma terapia de aplicação externa de calor em um ponto de acupuntura ou zona afetada. Utiliza a artemísia e outros materiais para o efeito de calor, o que não implica a utilização de fogo, a moxabustão atua através da indução química de calor de forma a aquecer a zona pretendida. A aplicação de alho ou gengibre em conjunto com a artemísia são exemplos disto.

Existe diferentes formas de aplicação da moxabustão que variam consoante a cultura e país de origem. O Japão é hoje possivelmente o país que mais investiga os efeitos desta forma de tratamento. A técnica mais utilizada é a Okyu bago de arroz (tonetsukyu). Tonetsukyu implica a utilização de um pequeno cone de artemísia do tamanho de um bago de arroz que irá ser aplicado diretamente na pele. A confeção tradicional dos cones é manual, com os dedos indicador e polegar. O seu tamanho não pode ser visto como uma terapia térmica quantitativa, uma vez que o calor produzido é pouco ou até mesmo insignificante. Por outro lado, o estímulo biológico e a quantidade de energia gerados são elevadíssimos.

Esta terapia tem evoluído com a contribuição de diferentes mestres com décadas de experiência, o que permitiu que a Okyu (moxabustão) grão de arroz tenha se tornado em um dos tratamentos mais eficazes que se conhece. O professor mais importante dos tempos modernos foi Isaburo Fukaya. Suas contribuições e ele próprio são de um estilo inconfundível: o estilo de Fukaya. Este professor foi capaz de aumentar a penetração de calor da Okyu e minimizar a sensação de calor produzida, tornando a moxabustão direta um tratamento ainda mais eficaz e agradável (em muitos casos difíceis). Estes grandes efeitos são alcançados através de um tubo de bambu ou tubo de Fukaya, como é conhecido. Trata-se de um tubo de 12x1, 6 centímetros que permite a aplicação de pressão ao redor do cone no momento preciso em que a combustão atinge a pele.

 

Algumas das referências na arte da moxabustão

Na Europa e Ásia temos o prazer de contar com a preciosa ajuda nas áreas de formação e investigação em Okyu, dos grandes professores e mestres: Felip R. Caudet, Fukushima Tetsuya e Shinma Hideo. Mais informações sobre eles e as suas obras aqui

Na América do sul encontramos o professor Antônio Augusto Cunha, autor de diversos livros nas áreas da medicinas orientais e moxabustão.

Na América do norte podemos nos deliciar com as inúmeras obras e traduções de Lorraine Wilcox, incasável investigadora na arte da moxabustão.

Moxabustão Okyu Fukaya Bago de arroz com tubo de bambu Lisboa

Algumas ações da moxabustão:

  • Aquece e faz circular o qi e o sangue;
  • Tonifica o yang;
  • Elimina o vento e dispersa o frio;
  • Refresca o calor e dissipa as toxinas;
  • Vivifica o sangue e dissolve as estases;
  • Efeito térmico – Promove o aquecimento de 1º a 1.5º indo até 1.5cm abaixo da pele fortalecendo os ossos e a medula;
  • Efeito Químico – Proteínas desnaturadas aumentam (células do sistema imunitário aumentam);
  • Regula os iões de cálcio e os de magnésio;
  • Duplica os glóbulos brancos – o nível retorna no dia seguinte. Moxa durante 8 semanas os níveis de glóbulos brancos só retornam passados 6 meses;
  • Hemoglobina aumenta (glóbulos vermelhos);
  • Plaquetas aumentam bastante – retornam em 24h/48h;
  • Níveis de açúcar aumentam até 250% - fica no seu pico em 30min;
  • Reduz a acidez do sangue devido à presença de dióxido de carbono;
  • Ativa o sistema parassimpático - As artérias e vasos contraem e quando relaxam aumentam a circulação periférica e a função do coração;
  • Pulsação diminui, tensão arterial aumenta e depois volta a descer;
  • Regula e ativa as Suprarrenais – bom para doenças autoimunes como: artrite reumatoide e alergias por exemplo;
  • Melhora a circulação sanguínea – resolve a estagnação e aquece o organismo;
  • Regula a atividade do coração;
  • Estimula o sistema imunitário;
  • Melhora estado de astenia e debilidade;
  • Melhora as funções digestivas;
  • Os ossos ficam mais fortes e resistentes;
  • Diminui a hemorragia;
  • Anti acidificante;
  • Reduz inflamações e congestões aliviando a dor;
  • Sistema nervoso melhora, é antisstress e melhora o sono;
  • Secreções hormonais aumentam – Dismenorreia melhora e a infertilidade resolve-se, qualidade da pele melhora e a pessoa parece mais jovem.

SP Clinic corpo&mente - Clínica e Centro de Osteopatia em Lisboa, no Largo do Rato e próximo das Amoreiras e Campo de Ourique. Tratamento osteopático através de técnicas manipulativas manuais para diversas situações. No centro de Lisboa, perto de si.