Vinho? Eu bebo, sim! | Terapia Alimentar

terapia alimentar vinho eu bebo sim

Vinho? Eu bebo, sim! | Terapia Alimentar

"Boa é a vida, melhor é o vinho ..."

Mas será que é ?

Escrito por: Chef. Sílvia Ferreira-Campos

 

Pessoa dizia e eu não poderia concordar mais. Acredito no poder curativo de um bom copo de vinho, e recomendo sempre, o único senão é que deve ser mesmo bom.

Mas então afinal o que é um bom vinho?

O bom pode ser avaliado pela prespectiva individual de cada um.

O aroma, paladar, o aspecto visual, experiência afectiva, casta, a região, o ano da colheita e até pelo rótulo, aquilo que entendermos...

Quem me conhece sabe que sou apologista e recomendo vivamente, bom copo de vinho, pronto, ou dois.

Mas, que seja bom, e isso não pode ser negociável . E com isto quero dizer que deveremos  escolher os nossos vinhos, baseado em  alguns critérios,  até porque não serve de nada , ir a mercados e falar com os agricultores acerca da plantação de batata-doce e do tomate , dizer que só compramos BIO,  e enchermos a boca para dizer estas coisas quando depois compramos um vinho porque até estava a bom preço.

Bem não é novidade nenhuma e já todos sabemos, os produtos químicos usados na viticultura colocam em risco não só os trabalhadores que os manipulam, mas também a nós pelos os seus eventuais resíduos.

Aliás ao que parece são mais de 300 substâncias e produtos químicos nocivos diferentes que podem ser adicionados aos vinhos produzidos em grande escala.

E por causa disto a próxima vez que fores comprar vinhos, escolhe NATURAIS, BIODINÂMICOS e ORGÂNICOS, se quiseres ter a certeza que o teu vinho esta livre de qualquer adictivo.

Em nota de esclarecimento

A agricultura biodinâmica já tem quase um século,

O conceito de biodinâmica começou em 1920 com Rudolph Steiner,  um filósofo austríaco. E é uma forma holística e homeopática de cultivar que, claro, também inclui a viticultura. É o mais antigo movimento agrícola anti-químicos que antecede a criação da agricultura orgânica

Mal afinal o que significa biodinâmica?

O conceito por trás da biodinâmica é que tudo no universo está interconectado e emite uma ressonância ou "vibração". A Interconectividade de tudo inclui até corpos celestes como a lua, planetas e estrelas. A viticultura biodinâmica é a prática de equilibrar essa ressonância entre a videira, o homem, a terra e as estrelas. Essencialmente, a biodinâmica é uma visão holística da agricultura.

E por isso faz todo o sentido que estes sejam os vinhos que devem fazer parte da nossa vida.

E como até não percebo muito de vinhos pedi ajuda ao meu amigo e expert  de vinhos,  Simon Broad , para dar algumas dicas, até porque é silly season , não só falamos como aprendi sobre vinhos e alguns processos aplicados na viticultura , e claro sugestões de vinhos e os melhores pairings.

Não só de vinhos portugueses mas também de Sul Africanos.

Notas do Simon a manter

  • O melhor é optar por pequenos produtores;
  • Alguns produtores não tem o certificado biológico, o que não quer dizer que não o sejam, aliás como na agricultura os certificados bio tem custos elevadíssimos;

A Sugestão de Vinhos e o pairing,  sem pretensões e a pensar nos sabores simples e inspirados no campo, onde temos baseadas as nossas vidas.


Portugal

PHAUNUS PÉT-NAT 2019

Região: Minho | Variedade: Loureiro e Arinto

Pairing: Queijo de Cabra , regado com azeite novo e mel , pimenta preta de moinho , orégãos secos

Mas afinal o que é pét-nat?

Pét-nat, ou Méthode Ancestrale, é um método de produção de vinho espumante usado em todo o mundo. Ao contrário dos vinhos espumantes de método tradicional, como o Champagne, que adicionam açúcar e fermento para secar, o pét-nat consiste em engarrafar o vinho na primeira fermentação, quando o açúcar ainda não se converteu em álcool. A fermentação continua dentro da garrafa, gerando o gás carbônico.


Portugal

EQUINÓCIO

Região: São Mamede | Variedade: Arinto, Assário , Fernão Pires , Roupeiro , Alicante Branco, Rabo de Ovelha, Tamarez, Manteúdo, Uva Rei , Uva Formosa, Vale Grosso, Excelsior, Salsaparrilha

 Pairing: Bacalhau confitado, mash de batata-doce e rebentos de coentros

Adoramos que esteja como top of mind o Slow... Slow food e slow wine são palavras mágicas do meu gosto de viver, diz João Afonso...O slow wine é semelhante ao slow food mas um pouco mais complexo: também demora tempo a fazer-se, mas precisa de mais tempo para dar uma prova harmoniosa e gasta ainda mais tempo para mostrar todas as suas qualidades.


África do Sul

JH Meyer Signature Wines

Região:  Swartland, Cape Town | Variedade: Pinot Noir

Pairing: Generoso Ensopado de Cogumelos Shitake

Sobre o Produtor

JH Meyer Signature é um pequeno produtor de vinhos naturais e artesanais . Inspirado por muitas viagens à Nova Zelândia, Califórnia e Borgonha, Johan tem explorado vinhas para produzir o melhor que a África do Sul pode oferecer, honrando as variedades mais elitistas do mundo, Pinot Noir e Chardonnay.


Eu e Simon concordamos que o Pinot Noir é, subtil e delicado cheio de elegância, aliás um pouco como deve ser a vida.

Para esta época festiva vai as compras e escolhe para beber e oferecer o melhor.

 

Com Amor Respeito muita saúde , Festas Felizes e tudo a Correr Bem.

Sílvia

 

 

Necessita de ajuda? Agende a sua consulta de Alimentação Consciente e Nutrição Holística com a Chef. Sílvia Ferreira-Campos.


SP Clinic, sua clínica de Alimentação Consciente e Nutrição Holística em Lisboa

Faça o seu agendamento através do formulário abaixo ou pelo telefone 210 993 179.
Entraremos em contato para confirmar a sua solicitação. Obrigado!

SP Clinic corpo&mente - Clínica de Alimentação Consciente e Nutrição Holística em Lisboa, no Largo do Rato e próximo das Amoreiras e Campo de Ourique.